Imagem ilustrativa

Home Vale-Transporte > Bloqueio, segunda via e restituição

Aumentar fonte Diminuir fonte Imprimir
Imagem ilustrativa

Bloqueio, segunda via e restituição

BLOQUEIO
Em caso de perda, roubo ou extravio do Bilhete Único Vale Transporte, se o usuário souber o número do cartão e estiver no município de SP, poderá cancelá-lo através da Central 156, se estiver fora do município de SP poderá cancelar na Central CPTM pelo telefone 0800-0550121. Outra alternativa é ir em um dos 40 Postos Autorizados da SPTrans. O cartão quebrado deverá ser bloqueado somente em um Posto Autorizado e você deverá apresentar o RG original e o cartão, que ficará retido.

A solicitação para bloqueio poderá ser feita por terceiros, desde que o portador apresente o seu RG (original ou cópia autenticada) e do titular do cartão, bem como uma procuração assinada autorizando o bloqueio do cartão.

Informe o número que está no verso do Bilhete Único Vale Transporte ou nos recibos de carga de créditos, mais o seu nome, RG, CPF e telefone para contato. Após três dias da solicitação do bloqueio, compareça a um dos Postos Autorizados, com o RG e nº do protocolo SPTrans para retirada do novo cartão.

A retirada do cartão com restituição de créditos poderá ser feita por terceiros, desde que o portador apresente o seu RG (original ou cópia autenticada) e do titular do cartão, bem como uma procuração assinada autorizando a retirada do cartão.

SEGUNDA VIA E RESTITUIÇÃO
A segunda via do Bilhete Único Vale-Transporte custará o equivalente a 7 tarifas.

Obs.: caso o usuário não tenha o RG em mãos poderá apresentar outro documento oficial com foto (por exemplo carteira de motorista, CRA, CRC, CRM).