Imagem ilustrativa

Home > Mensal

Aumentar fonte Diminuir fonte Imprimir
Imagem ilustrativa
Bilhete Único Mensal

 



CADASTRAMENTO:

- Para receber o novo Bilhete Único, todos os usuários de Bilhete Único (Estudante, Vale Transporte e Comum) devem realizar o cadastramento, via internet no endereço: http://bilheteunico.sptrans.com.br;

- Para o cadastro é necessário possuir, CPF, RG, foto atualizada e e-mail;

- Crianças a partir de 06 (seis) anos de idade que ainda não possuem o CPF próprio podem se cadastrar utilizando o CPF dos pais, mas é obrigatório possuir RG, e e-mail próprio ou do responsável que ainda não tenha sido utilizado em outro cadastro do novo Bilhete Único;

- O usuário maior de 16 anos de idade deve possuir CPF e endereço eletrônico (e-mail) próprios;

- É necessário concordar com o “Termo de Adesão” para realizar o cadastro;

- Não será possível utilizar o mesmo endereço eletrônico (e-mail) para mais de um cadastro;

- Durante o cadastramento, o usuário que não conseguir importar a foto pode imprimir o formulário, colar a foto e encaminhar à SPTrans, via correios para; Rua Três de Dezembro, 34 – Centro – 01014-020 – São Paulo – SP, ou entregar o formulário com a foto colada em um dos Postos de atendimento da SPTrans cujos endereços estão no site: www.sptrans.com.br;

- Usuários de crédito dos tipos Comum e Vale Transporte devem escolher o Posto de Atendimento da SPTrans onde desejam retirar o cartão. Os estudantes receberão o cartão na escola, mas aqueles que não possuem cartão conveniado com a Une ou Umes, precisam escolher a ilustração (estampa).

- Estudantes cujo Bilhete Único Estudante atual é conveniado UMES/UNE receberão o novo Bilhete Único, na instituição de ensino, personalizado com a ilustração padrão do Órgão de Representação Estudantil correspondente. Por isso não precisam escolher a ilustração (estampa);

- O novo Bilhete Único dos usuários de créditos dos tipos Comum e Vale Transporte será enviado ao Posto de Atendimento da SPTrans escolhido para retirada, e será entregue habilitado para a aquisição de créditos eletrônicos;

- O novo Bilhete Único dos estudantes será enviado à instituição de ensino bloqueado. Para habilitar o cartão o estudante deve acessar o portal, por meio de seu login e senha, verificar se o número de seu cartão, os dados cadastrais e a foto estão corretos e legíveis, clicar em MEUS CARTÕES, depois em ATIVAR CARTÃO e, em seguida, clicar em OK;

- Todos os usuários serão avisados, por meio de mensagem eletrônica, da disponibilidade do cartão para retirada.

AQUISIÇÃO DE CRÉDITOS/TEMPOS DE VIAGEM

- O novo Bilhete Único comporta, no mesmo cartão, créditos avulsos (valores que são debitados a cada viagem) e cota de tempo (quantidade de dias que o usuário pode usar o transporte coletivo sem que o validador faça qualquer débito no cartão). Por enquanto a única cota de tempo que está sendo vendida é a cota Mensal, que dá direito de uso por 31 dias, onde o validador verificará apenas o prazo de validade da cota. As cotas de tempo são dos tipos estudante, vale-transporte e comum. Essas cotas mensais são dividas ainda em três tipos: exclusiva para ônibus; exclusiva para Metrô/Trem e Integrada, para uso tanto no ônibus quanto no Metrô e na CPTM.

- O cartão do novo Bilhete Único possui três carteiras para guarda de créditos avulsos (dinheiro), sendo uma para guardar os créditos do tipo Comum, outra para guardar créditos do tipo VT, e outra para guardar créditos do tipo Estudante. Além dessas três carteiras o cartão possui outras duas para guarda de compras de cotas de tempo (ver tipos de cotas acima).

- Na compra de crédito avulso (dinheiro) o valor da nova compra vai se somando ao saldo existente na carteira, de modo que podem ser feitas inúmeras novas compras até que o saldo da carteira atinja o limite máximo (atualmente: R$200,00 nas carteiras de crédito comum e R$500,00 nas carteiras de crédito de Vale Transporte e Estudante). Atingidos os limites mencionados só podem ser feitas novas compras se algum valor for gasto.

- Na compra de cota de tempo é diferente. As cotas não se somam aos saldos existentes, por isso cada compra é armazenada em uma das duas carteiras que existem no cartão. Podem ser adquiridas até duas cotas mensais em cada compra, ou seja, o usuário pode comprar até 2 cotas mensais em cada pedido feito pela Internet, ou cada vez que for em um posto de venda. O Cartão, por sua vez, só acumula até 2 compras, pois só existem duas carteiras para essa finalidade. Dessa forma quando da terceira compra para o mesmo cartão, independentemente da quantidade de cotas adquiridas em cada compra, ela só poderá ser realizada se as cotas adquiridas na primeira compra já tiverem sido utilizadas, ou seja, se uma das duas carteiras utilizadas para guarda das cotas de tempo já tiver livre.

- Em cada compra só poderá haver um tipo de cota. Exemplo:

a) duas cotas mensais – estudante para ônibus, ou

b) duas cotas mensais - VT para Metrô/Trem, ou

c) 02 cotas mensais - Comum integrada, ou duas cotas mensais- estudante para Metrô/Trem, etc.

- Os créditos avulsos (dinheiro) podem ser adquiridos via internet (valor mínimo para compra R$ 45,00). Nos Postos e Terminais de ônibus da SPTrans ou na ampla rede de venda e recarga disponível em diversos estabelecimentos
comerciais distribuídos pela Cidade. As cotas de tempo também devem ser adquiridas nesses mesmos locais.

- Estudantes só podem adquirir cota de tempo, tipo mensal se a quantidade de créditos de viagem a que tem direito no mês for igual ou superior a 48 créditos/mês/modal;

- Estudantes com cota fracionada (inferior a 48 créditos/mês/modal) só podem adquirir créditos avulsos (dinheiro);

- A cota de tempo (mensal) de estudante deve ser adquirida em uma única parcela. A cota de créditos avulsos (dinheiro) pode ser fracionada em até 10 parcelas no mês;

- Cotas exclusivas tipo ônibus ou tipo Metrô/Trem só poderão ser utilizadas no sistema escolhido: Sistema ônibus ou metro-ferroviário (Metrô/CPTM), a cota tipo Integrada pode ser utilizada tanto no Sistema ônibus quanto no sistema metro-ferroviário (Metrô/Trem).

AQUISIÇÃO DE CARTÃO DE BILHETE DO MODELO ANTIGO

- Nos postos de atendimento da SPTrans, casas lotéricas, bilheterias do metrô e na vasta rede de venda e recarga de créditos continua sendo possível adquirir os cartões de Bilhete Único do modelo antigo, mediante uma carga mínima de 5 tarifas de ônibus, permanecendo as regras vigentes para aquele modelo quanto a emissão de segunda via, restituição, cagas, etc.

COMO O VALIDADOR DECIDE QUAL COTA SERÁ UTILIZADA

- Ao apresentar o novo Bilhete Único no validador ocorre a seguinte sequência:

1) Ele procura cota mensal estudante, libera a catraca sem fazer qualquer débito no cartão, e apresenta a mensagem de data de validade e quantidade de dias restantes;

2) Não encontrando, procura cota mensal de vale transporte, libera a catraca sem fazer qualquer débito no cartão e apresenta a mensagem de data de validade e quantidade de dias restantes;

3) Não encontrando, procura cota mensal comum, libera a catraca sem fazer qualquer débito no cartão e apresenta a mensagem de data de validade e quantidade de dias restantes.

4) Não encontrando, procura créditos convencionais tipo estudante e debita o valor correspondente.

5) Não encontrando, procura crédito convencional tipo vale transporte e debita o valor correspondente a tarifa.

6) Não encontrando, procura crédito convencional tipo comum e debita o valor correspondente a tarifa.

7) Não encontrando, emite a mensagem “SEM SALDO NO VC”.
Nota: essa mensagem quer dizer que no cartão não contém nenhum tipo de crédito para pagamento da passagem.

Importante: A cota mensal só pode ser reutilizada no mesmo veículo, ou linha do Metrô e CPTM após o intervalo de 30 minutos. No caso de reapresentação do cartão antes dos 30 minutos o validador irá procurar a existência de saldo de crédito avulso (dinheiro) para debitar e liberar a passagem. Não existindo saldo em crédito avulso em nenhuma carteira o validador apresentará a mensagem: “SEM SALDO NO VC”.

CANCELAMENTO E SUBSTITUIÇÃO DO NOVO BILHETE ÚNICO

- O cancelamento do novo Bilhete Único poderá ser feito via internet, acessando o portal por meio de seu login e senha (opção disponível a partir de fevereiro/2014), ou mediante ligação à Central 156, ou ainda, comparecendo em um dos postos autorizados da SPTrans;

- Caso o cartão venha a apresentar mau funcionamento o usuário deve comparecer em um dos postos de atendimento da SPTrans levando o cartão para avaliação. Constatado o mau funcionamento sem que o usuário tenha dado causa, o cartão será substituído sem ônus, caso contrário será cobrado o valor da emissão da segunda via.

- A emissão de 2ª via custa o equivalente a 7 tarifas de ônibus. Caso o cartão também esteja sendo utilizado para compra da cota estudante, o custo da 2ª via é:

a) Cartões não conveniados com UNE ou UMES custam 10 tarifas de ônibus,

b) Cartões conveniados com UNE ou UMES custam 13 tarifas de ônibus

- As cotas mensais estocadas serão transferidas, integralmente, para o novo cartão no momento da substituição;

- A cota mensal cuja utilização já foi iniciada será restituída da seguinte forma: interrompe-se a utilização na data do registro da ocorrência de cancelamento do cartão e, no momento, da retirada da 2ª via, será calculado o tempo que faltava para expirar o prazo da cota mensal, esse tempo restante será restituído no novo cartão contando a partir da data da retirada do novo cartão.